Em cerimônia histórica, Ministro do Trabalho entrega certificado de representatividade à CSB

A noite de 4 de fevereiro entrará para a história da CSB. Nesta data, a Central dos Sindicatos Brasileiros recebeu das mãos do Ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, o certificado de representatividade junto ao MTE. Participaram da cerimônia, realizada na sede do Sindicato dos Policiais Federais do Distrito Federal (Sindpol-DF), em Brasília, o vice-presidente da República, Michel Temer, os ministros da Previdência, Carlos Gabas, dos Portos, Edinho Araújo, além de parlamentares – deputados federais Baleia Rossi (PMDB-SP), Ezequiel Teixeira (SDD-RJ), Pompeo de Mattos (PDT-RS), Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE),  Lincoln Portela (PR-MG), Sergio de Souza (PMDB-PR), Osmar Serraglio (PMDB-PR), Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) -, autoridades ligadas ao Trabalho e toda a Executiva Nacional da Central.

O presidente da CSB, Antonio Neto, afirmou em seu discurso que a construção da Central foi necessária para construir uma nova forma de organização, dando a importância devida aos sindicatos e sustentando as bandeiras da unicidade sindical, da democracia e da construção de um Brasil mais justo e igualitário. “Nós tivemos muito trabalho para chegar até aqui. Mas aqui tem um conjunto de companheiras e companheiros comprometidos com a mudança, em fazer um Brasil para os brasileiros, na defesa das questões mais profundas”, disse Neto.

“Em nome de toda a direção nacional, de todos os nossos sindicatos filiados, eu quero agradecer profundamente o apoio, o carinho dado a nós da Central dos Sindicatos Brasileiros nesse processo para chegarmos até aqui. É uma honra muito grande ser presidente da CSB nesse momento”, completou emocionado.

União

Michel Temer enalteceu a figura de Antonio Neto como militante político na defesa dos trabalhadores. O vice-presidente ressaltou também que a união é fator fundamental na representação do povo. “Hoje, nem pela via legal é possível um trabalhador tratar diretamente com a empresa. Esta associação vem de um dito popular que diz que ?a união faz a força?. E é exatamente esta união que os senhores fazem na CSB que lhes dá consistência, substância, para as reivindicações legítimas dos trabalhadores brasileiros”, pontuou.

“Acho fundamental que vocês, que são nossos companheiros, estão percebendo a importância desse ato. Quero dizer mais uma vez, nesse momento de festa para a CSB, vamos enaltecer o Brasil dizendo apenas a verdade. Vai indo bem e vai melhor agora que se criou a Central dos Sindicatos Brasileiros”, reiterou o vice-presidente da República.

Compromisso

Para o ministro do Trabalho, a CSB é uma central “comprometida com os trabalhadores brasileiros na construção de um país justo, democrático e socialista”. “A nossa participação aqui é para cumprir uma tarefa, um dever. O Antonio [Neto] e todos os seus parceiros e companheiros têm sido importantes na construção deste novo país”, destacou Manoel Dias.

O ministro salientou ainda que a atuação do MTE foi baseada na justiça. “Nada mais do que se fazer justiça, porque a construção daquele Brasil que nós queremos passa pela efetiva participação dos trabalhadores brasileiros”, concluiu.

Segundo o ministro da Previdência Social, Carlos Gabas, a interação social é parte fundamental na representação dos trabalhadores, atividade sempre presente nas ações da CSB. “Você, Neto, e todos os que construíram esse projeto da Central dos Sindicatos Brasileiros, o meu abraço. Este esforço corrobora uma tese nossa de que não há condições, viabilidade, de um país crescer e se desenvolver sem distribuir renda, incluir socialmente, ouvir e ter a participação dos trabalhadores, que são aqueles que constroem a riqueza do nosso país”, reiterou.

Em seu discurso, o ministro da Secretaria dos Portos, Edinho Araújo, destacou a realidade da CSB e a militância de Antonio Neto como referência para o estado de São Paulo e o Brasil. “Hoje é um momento de festa, histórico, e nós estamos aqui para aplaudir todos os atores que participaram desta alegria e desse momento importante para a classe trabalhadora do nosso país. Uma certificação nesse nível. Eu ouvia o presidente Michel Temer dizendo da sua alegria de poder participar desse momento, dessa conquista”, afirmou.

Para o deputado federal Baleia Rossi, a consolidação da CSB é um fator importante para fortalecer a luta dos trabalhadores de todo o Brasil. “Sou um grande apoiador das batalhas da CSB e estarei à disposição dos trabalhadores na Câmara dos Deputados”, disse.

Lincoln Portela afirmou que os trabalhadores brasileiros têm feito com que o Brasil se desenvolva a cada dia. “E eu quero deixar uma palavra para essas pessoas, como é o caso do nosso presidente Neto. Alguém um dia disse que, quando o covarde vê o perigo, pensa com as pernas, e o Neto nunca pensou com as pernas, pensou, sim, com a cabeça e o coração. Por certo a CSB, que já está engrandecendo o Brasil, ajudando o Brasil a progredir e prosperar, haverá de galgar novos patamares e fará com que mais sindicatos somem esforços para fazermos um Brasil melhor”, parabenizou o deputado.

Na visão de Pompeo de Mattos, o movimento sindical é fundamental para democracia, valorização do trabalho e dos trabalhadores. “A CSB vem ocupar um espaço que estava precisando ser ocupado. Se na política não há lugar vazio, no movimento sindical é assim também. A CSB é bem-vinda, chegou em boa hora e mostrou que está organizada. A aferição é um reconhecimento do trabalho e organização da Central”, destacou o parlamentar.

Congratulações

A presidenta Dilma Rousseff; Aloizio Mercadante, ministro-chefe da Casa Civil; Miguel Rossetto, ministro da Secretaria-Geral da Presidência; Aldo Rebelo, ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, e autoridades enviaram mensagens de congratulações à CSB.

Após a entrega do certificado, a Central ofereceu um jantar a todos os convidados e autoridades que participaram da cerimônia.

Fonte: CSB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *